Facebook pode estar trabalhando em um smartphone, de acordo com documentos recentemente descobertos, e que o gigante tecnológico apresentou no início do ano.

Uma unidade de Facebook dedicada ao hardware apresentou um pedido de patente em janeiro para um misterioso “aparelho eletromecânico modular”, que poderia ter alto-falantes, câmeras, microfones e telas sensíveis ao toque.

“Um usuário pode alterar a funcionalidade do aparelho eletromecânico modular a partir dos diferentes módulos funcionais que estão ligados”, lê-se no sumário deste enigmático documento introduzido perante funcionários de patentes dos Estados Unidos.

 

O projeto que apresentou Facebook para o que poderia ser um telefone modular

Algo parecido com o que o Google tentou fazer com o seu Project Ara, ou o que funciona muito bem na Moto.

A unidade de hardware do Facebook é dirigida por Regina Dugan, ex-diretora da DARPA, a agência americana encarregada de identificar e financiar tecnologias de ponta com objetivos de segurança nacional.

Dugan previamente esteve à frente de projetos de alta tecnologia no Google, que entrou no terreno dos telefones modulares em um projeto chamado Ara que foi abandonado no ano passado.

Em abril Facebook apresentou um projeto que se propõe a decodificar pensamentos diretamente do cérebro e os transforma em mensagens de texto sem que intervenham fala ou um teclado.

Mark Zuckerberg, co-fundador e chefe do Facebook, afirmou que as câmeras dos celulares são uma boa plataforma para este projeto de realidade aumentada.

Origem: tn.com.ar