Depois de uma enxurrada de lágrimas e tristeza retro (?), A Microsoft decidiu dar uma nova oportunidade ao Paint. Na verdade, é algo que já se sabia desde ontem: o programa não desapareceu, apenas não ia estar instalado no sistema operacional de forma padrão. Agora o gigante da Internet decidiu enfatizar a notícia, para que a gente entenda.

“O MS Paint ficará; em breve terá um novo lar na Loja Windows, a partir de onde você pode baixar grátis”, explicou a empresa em um post.

O eixo da polêmica? Windows 10 traz instalado o Paint 3D, uma ferramenta muito mais moderna, versátil e útil que o velho Paint, que nasceu em 1985, com o Windows 1.0. Agora, com a próxima edição de Window 10, Fall Creators Update, o Paint não estará, mas pode descer.

As reclamações dos usuários foram o principal motivo pelo qual a empresa ligou o volantazo. Segundo explicaram, decidiram mantê-lo como programa para download por “os incríveis amostras de suporte e nostalgia em torno do MS Paint. Se alguma coisa aprendemos, é que depois de 32 anos MS Paint tem um monte de fãs. É fantástico ver o quanto de amor há sobre esta confiança velha aplicação”.

 

Origem: tn.com.ar